The Who - My Generation [1965]


The Who - My Generation [1965]

Banda: Inglesa
]Produtor: Shel Talmy
Formação da Banda: Pete Townshend - Roger Daltrey - John Entwistle - Keith Moon
Posição na Billboard: #74° posição

60’s Hotel: O disco de estréia do The Who é muito mais mítico que real. Por ter o nome da extraordinária canção My Generation e por pretensamente expressar a voz de sua geração, ele é envolto numa névoa de genialidade muito maior do que é realmente palpável. Ele é composto de algumas boas canções como a já citada, além de outro clássico, The Kids Are Alright, e ainda The Good's Gone e I Don't Mind. Mas não vai muito além disso. Não é o Who sofisticado, destruidor, furioso e tudo o mais que sempre ouvimos falar. É uma banda inglesa com seu 60's pop rock, acima de tudo.

Neste disco eles não conseguiram canalizar precisamente toda a energia que os tornariam lendas do rock. É um disco de estréia bom, sem dúvidas. Mas é um pouco menor do que eles viriam a ser depois.

O album não foi tão bem recepcionado nos Estados Unidos como na Europa e Oceania, em vários países da Europa 'My Generation' foi top 10, enquanto na Billboard alcançou apenas a 74° posição, não é muito difícil de explicar, quando você conhece melhor o cenário do Rock na época. De 65 a 69 as bandas que não iniciaram a psicodelia em meados de 65, e não chegaram com força no Flower Power do fim dos anos 60 em plena Woodstock, por mais que atingissem expressão não alcançaram boas posições na Billboard americana. Ou se enquadrava ou não teria boas marcas nas paradas americanas, coisa que não correspondia igualmente no Reino Unido e resto da Europa.


My Generation é e foi o embrião declarado do Punk Rock, como Kinks em seu primeiro álbum, Stooges e Iggy Pop com seu álbum de poucos acordes e outros mais.


É fácil se imaginar em uma festa MOD em Londres com várias Lambretas estacionadas na calçada e curtindo faixa a faixa deste disco sensacional, é a perfeita visão e divisor de uma geração. 'My Generation' foi produzido em 220 volts, feito pra queimar e eletrificar quem o ouve.


_-_

Nenhum comentário:

Postar um comentário