COPA DO MUNDO 1962

COPA DO MUNDO 1962

A edição de 1962 da Copa do Mundo marcou a sétima participação da Seleção Brasileira de Futebol nessa competição. Era o único país a participar de todas as edições do torneio da FIFA - A velha estorinha que de 4 em 4 anos todos põe na mesa - fato que persiste até a última edição realizada da Copa. Tendo a molezinha de não disputar vaga na eliminatória por ter conquistado o último Mundial da Suécia, em 1958, o Brasil tinha vaga assegurada junto do anfitrião Chile.

Depois da campanha vitoriosa de 1958 o então presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD, atual CBF), João Havelange decidiu repetir todos os passos do planejamento anterior para a conquista do bi-campeonato. A comissão técnica era quase a mesma de 58. Uma das poucas mudanças foi no cargo de técnico: saiu Vicente Feola, que sofria de nefrite aguda e problemas cardíacos, e entrava Aymoré Moreira.
O time também contava com muitos jogadores da campanha anterior, mesmo aqueles já na época com idade mais avança: Nilton Santos (37 anos), Didi (32), Djalma Santos (33), Zito (29), Zagallo (30), entre outros. De fato, a média da seleção era de mais de 27 anos, um número considerado alto.

Em uma primeira convocação foram chamados 41 jogadores (23 paulistas, 23 cariocas e 1 gaúcho). Com esse jogadores a seleção seguiu para Campos do Jordão para exames clínicos. Feitos os testes, a equipe seguiu para treinar em Nova Friburgo (RJ) e depois Serra Negra (SP). Nesse um mês de treinamento foi-se decidido os 22 jogadores. Como em 1958 só haviam jogadores de clubes paulistas ou cariocas (13 atuavam em São Paulo, 9 no Rio).

O time que iria buscar o Bi-campeonato seria então:
Goleiros: Gilmar (Santos) e Castilho (Fluminense).Laterais: Djalma Santos (Palmeiras), Nílton Santos (Botafogo), Jair Marinho (Fluminense) e Altair (Fluminense).
Zagueiros: Mauro (Santos), Bellini (São Paulo), Zózimo (Bangu) e Jurandir (São Paulo).
Meio-campistas: Zito (Santos), Didi (Botafogo), Zequinha (Palmeiras), Mengálvio (Santos).Atacantes: Garrincha (Botafogo), Zagallo (Botafogo), Vavá (Palmeiras), Pelé (Santos), Jair da Costa (Portuguesa de Desportos), Coutinho (Santos), Amarildo (Botafogo) e Pepe (Santos).No Chile a Seleção Brasileira ficou na região de Valparaíso, na Ciudad del Sol, nos chalés da pousada de férias El Retiro. E na manhã de 30 de Maio, houve a missa na concentração. Nela cada jogador recebeu uma medalha com uma mensagem do papa João XXIII: "Ficarei rezando para que o Brasil consiga repetir o feito de 1958" - Vamos acreditar de leve nessa, é o PAPA ok - As 15h daquele dia o Brasil estreava na Copa do Mundo.
Na primeira fase o Brasil passa pelo México 2x0, empata 0x0 com a Tchecoslováquia e assegura o primeiro lugar do grupo ganhando de 2x1 da Espanha. Nas quartas de final bate de frente com a Inglaterra e vence o jogo por 3x1, em seguida enfrenta a dona da casa, Chile nas Semi-final e atropela com um 4x2 e vai pra finalíssma enfrentar a Tchecoslováquia.
Aymoré Moreira colocando a seleção para jogar no esquema 4-2-4, com: Gilmar, Djalma Santos, Mauro, Zózimo e Nilton Santos; Zito e Didi; Amarildo, Garrincha, Vavá e Zagallo. Conquista a copa invicto vencendo o jogo por 3x1 e trazendo o BI-campeonato.


É 60's Hotel Sports international association, chega chora....

_-_

Nenhum comentário:

Postar um comentário